Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

EB1 do Pinheiral

Este espaço vai servir para publicar alguns trabalhos feitos pelos alunos e divulgar atividades realizadas na EB1 do Pinheiral - Caldas das Taipas.

EB1 do Pinheiral

Este espaço vai servir para publicar alguns trabalhos feitos pelos alunos e divulgar atividades realizadas na EB1 do Pinheiral - Caldas das Taipas.

valentia.jpg


Era uma vez uma menina chamada Ritinha, ela estava sempre doente, por
isso, dormia muitas vezes no quarto dos pais. As doenças dela acabavam
sempre em ite.
Um dia os pais resolveram fazer um quarto para ela.
Ela deitou-se de costas na cama e sonhou que a Conchita, a sua boneca,
veio falar com ela.
Elas voaram e a Conchita disse-lhe o Gonçalo estava preso no castelo
do Barba Roxa. A Ritinha disse:
- O meu herói não pode estar preso.
- O Gonçalo é meu não é teu herói - disse a Conchita.
Começaram a discutir e a Ritinha largou a mão da Conchita, então ela
ia cair, mas a Ritinha agarrou-a pela saia e continuaram a voar.
Elas espreitaram para um lado e não viram nada, espreitaram para o
outro e também não viram nada, depois, viram o palácio Barba Roxa. A
Ritinha desceu suavemente e poisou em cima de uma árvore, daí até ao
chão deram um salto. A Ritinha ouviu um ronco e esconderam-se atrás de
um arbusto. Andaram num labirinto até que a Ritinha viu uma passagem
secreta. Uma porta de madeira grande, a Ritinha tocou nela e ela
abriu-se. Caiu um pedregulho e os lobos começaram a uivar.
A Ritinha e a Conchita andaram sem medo nenhum. A Ritinha viu outra
porta, tocou-lhe e ela abriu-se, então elas andaram e a Conchita ia
cair num buraco que tinha crocodilos para a comerem viva e inteira,
mas a Ritinha agarrou-a. Continuaram a andar sem medo nenhum. A
Ritinha viu outra porta, tocou nela e ela desfez-se, os ratos pararam
de roer os queijos. Ritinha viu as grades e gritou:
-Gonçalo, é a Ritinha, Gonçalo estás aí?
A Ritinha tocou nas grades e elas partiram. Apareceu um dragão que
deitou fogo, a Ritinha corajosa pegou na mangueira que estava ao seu
lado e atirou água para o dragão. O gigante Barba Roxa apareceu e a
Ritinha continuou a deitar água. O gigante e o dragão diminuíram de
tamanho e desapareceram. A Ritinha tocou nas algemas do Gonçalo e elas
destruíram-se, o Gonçalo disse:
- Ritinha és a minha heroína!
Eles viveram felizes para sempre.
Quando a Ritinha acordou tinha feito chichi na cama.

Francisca 2º ano



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.