Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

EB1 do Pinheiral

Este espaço vai servir para publicar alguns trabalhos feitos pelos alunos e divulgar atividades realizadas na EB1 do Pinheiral - Caldas das Taipas.

EB1 do Pinheiral

Este espaço vai servir para publicar alguns trabalhos feitos pelos alunos e divulgar atividades realizadas na EB1 do Pinheiral - Caldas das Taipas.

18 Nov, 2012

Era uma vez...

Os alunos do 3º ano da professora Ana Maria ouviram a música e letra do
Tim “Lutador”. De seguida escolheram algumas frases e elaboraram
histórias onde incluíram essas frases. Todas as histórias começaram
pela frase “Era uma vez” (2º verso da canção).

GONÇALO O GUERREIRO
            Era uma vez um menino chamado Gonçalo, que
pensava que era um guerreiro de um conto de fadas, porque brincava muito
com uma espada de madeira. Como vem nos livros, que um guerreiro é um
homem que luta, ele pensava que luta, era lutar na guerra, mas não, era
lutar pelas boas notas, pelo bom-comportamento e pela vida.
            Então um dia o Gonçalo tirou 100% a português
e a mãe disse-lhe que ele era um doce gigante e um guerreiro e ele ficou
cada vez mais convencido que era um guerreiro.
            No dia seguinte a mãe disse-lhe, que se ele
continuasse um bom menino daria lições aos grandes.
            Quando adormeceu, na hora dos sonhos, ele
sonhou que estava a lutar contra um dragão malvado, para salvar a princesa
Adriana e a princesa apaixonou-se por ele e casaram. Quando acordou,
percebeu que aquilo só era um sonho e ficou muito triste, porque a
princesa era muito bonita.
            Como na escola ele tirava boas notas, seguiu o
curso de medicina e viveu feliz para sempre.
JOãO PEDRO
 
 
 
AS DUAS GéMEAS
Era uma vez duas irmãs gémeas muito carinhosas que adoravam ler
histórias.
Na escola iam todos os dias à biblioteca e traziam um livro para casa e
na hora do jantar diziam o título do livro aos pais.
Nas férias compraram um livro de contos de fadas, para levarem para a
casa de campo. Elas adoravam ir para a casa de campo, porque era muito
bonita.
No primeiro dia dessas férias, à hora dos sonhos, elas leram um
bocadinho do livro e de seguida adormeceram e sonharam que iam a voar nos
livros, por cima de lindas paisagens e aterraram numa ilha de fadas, onde
havia uma fada que dava lições aos grandes.
À noite, contaram aos pais esse sonho encantador.
A mãe disse-lhes que gostou do sonho e aconselhou-as a continuarem a
ler muitos livros para terem imaginação.
BEATRIZ
 
 
 
AS IRMÃS LEONOR E BEATRIZ
Era uma vez duas irmãs chamadas Leonor e Beatriz que adoravam ler.
Um dia à tarde, elas foram juntas à biblioteca, escolher um livro para
ler durante as férias.
Chegaram a casa e começaram logo a ler.
Mais tarde a mãe avisou que era hora de ir tomar banho, e lá foram
elas. Quando acabaram, a mãe tinha malas e malas no carro.
A mãe disse-lhes para se vestirem e entrarem no carro que iam de
férias. No meio do caminho as irmãs perceberam que se tinham perdido.
Passado algumas horas chegaram ao hotel e já eram horas de ir para a
cama, mas elas não queriam dormir, queriam ler.
No dia seguinte, elas acabaram o livro e perceberam que era um conto de
fadas.
Nesse dia as irmãs pediram à mãe para lhes comprar um livro e ela foi
a uma livraria e comprou um livro que se chamava “dar lições aos
grandes”.
À noite, as meninas pediram à mãe para lhes ler a história e a mãe
aceitou. Depois de acabar a história a mãe disse-lhes que estava na hora
dos sonhos, e elas adormeceram e sonharam com coisas que vinham no livro.
LEONOR
 
 
 
O GUERREIRO
Era uma vez um menino que adorava ouvir histórias de contos de fadas.
Quando ele ia dormir, à hora dos sonhos, a mãe contava-lhe sempre uma
dessas histórias. Era de um livro chamado “o guerreiro”. A mãe
abria o livro e começava a contar. Era uma vez uma fada que precisava de
ajuda porque a sua amiga estava presa num castelo de um dragão. A fada
tinha visto um doce gigante e ela queria saber se ele lutava contra
dragões, mas ele disse que não, só lutava contra a vida dele.
A fada disse-lhe que isso era bom e que assim ele dava lições aos
grandes.
A fada teve uma ideia, que era o gigante convencer o dragão a lutar
pela sua vida e não lutar contra as fada.
Eles foram lá e o gigante consegui convencer o dragão. Ele libertou a
fada, e eles fizeram uma festa.
Quando a mãe fechou o livro o menino já estava a dormir.
JULIANO
 
O MENINO E O LIVRO
 
Era uma vez um menino muito bem-educado, que adorava ler. Ele à noite,
à hora do conto, lia meio livro e no dia seguinte acabava de o ler.
Também adorava livros fazer colecção de livros. Era o melhor da sala
de aula, a ler, a matemática e a estudo do meio.
Uma vez esse menino leu um conto de fadas. Ele adorou o conto e pediu
à mãe para lhe comprar mais livros.
A mãe então foi à livraria e comprou-lhe quatro livros de contos. Ele
leu-os todos até ao fim. Divertiu-se imenso a ler os livros e por isso ia
para a cama toda contente.
Quando a família se reunia ao jantar, o menino contava aos pais as
histórias que lia. 
LARA MARQUES
 



1 comentário

Comentar post