Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

EB1 do Pinheiral

Este espaço vai servir para publicar alguns trabalhos feitos pelos alunos e divulgar atividades realizadas na EB1 do Pinheiral - Caldas das Taipas.

EB1 do Pinheiral

Este espaço vai servir para publicar alguns trabalhos feitos pelos alunos e divulgar atividades realizadas na EB1 do Pinheiral - Caldas das Taipas.

11 Nov, 2013

Magusto

Eu gostei de pintar a castanha gigante. Alexandra

Eu gostei muito de fazer os cartuchos. Catarina

Gostei muito de pintar as castanhas. Francisca

Gostei de ver os meninos a pintar a castanha gigante. Luana

Eu vou adorar este dia. Francisco

Eu adorei tirar as fotografias com o cartucho. Rafael

Eu gostei de pintar a castanha gigante. Maria

Eu gostei da ideia de o professor saltar por cima da fogueira. Camila

Eu gostei muito quando o professor falou sobre a fogueira. Beatriz Ribeiro

Eu gostei de pintar a línguas da castanha gigante. David

Eu gostei de pintar as letras da palavra Magusto. Gonçalo

Eu gostei muito de comer castanhas. Rodrigo Marques

Eu gostei de pintar as castanhas do cartucho. Bruna

Gostei muito de pintar a língua da castanha gigante. Martim

Gostei de ver o professor a agrafar os cartuchos. Laura

Gostei muito quando acabamos de construir a castanha. Rodrigo Costa

Eu gostei de pintar a castanha com os meus amigos. José Nuno

Eu gostei muito de pintar as pernas da castanha. Paulo

Gostei muito de andar à volta da fogueira como os índios. Afonso

Gostei de estar no recreio a fazer jogos. Joana

Gostei mais de comer castanhas. Daniel

Gostei mais de pintar a letra a da palavra Magusto. José Albino

Estudando a Matemática

Com o auxílio do Português,

Resolvi fazer um poema

Pra um problema resolver.

 

Lembrei-me da minha prova,

Tinha dúvidas, vou apagar,

Os números do desafio

E depois simplificar.

 

Na vida tenho metas

Traço retas vou estudar.

Quero muitos desafios

E a todos ultrapassar.

 

Vendo os números racionais

Me lembrei do coração,

Que se divide em partes

Pra ajudar meu irmão

 

Meu coração se reparte

1/2, 1/5, ele é cheio de frações.

Mas isso não diminui,

Meu amor é uma potência

Elevado a milhões.

 

Júlia Botsora 3º H

Quando podiam viver em paz

Viviam na confusão

Se o juiz não os chamasse

Não havia solução

 

Falavam ao mesmo tempo

Blá blá blá, blá blá blá

Já resolvemos o problema

Venham todos para cá.

 

As letras que percebem tudo,

Não perceberam nada.

Os números, quando lá chegaram

Riram á gargalhada.

 

O Sete e o Z a sorte esperavam,

Em cima do telhado o tesouro guardado

Quando de repente por uma linda gaivota

O tesouro é levado.

 

O Oito e o Um na janela a espreitar

O A de saída para no parque ir brincar

À sua espera na piscina

A água azul para nadar.

 

LARA EVANGELISTA SILVA FREITAS 3º ano (H6)

03 Nov, 2013

Letras e Números

De A a Z temos o alfabeto,

Com consoantes e vogais.

Temos o A de Anacleto

E o P de pardais.

 

Os números são infinitos,

Com algarismos de zero a nove.

Todos misturados são bonitos,

Mas o meu preferido é o dezanove.

 

Rodrigo Marques 3º H

03 Nov, 2013

Letras e Números

Numa rua estreita

Viviam as letras à espreita,

Tinham como vizinhos

Os números engraçadinhos.

 

Numa avenida se cruzaram

E o choque foi fatal,

Não se gostaram,

Começou a batalho campal

 

Como não se entendiam,

Foram ao tribunal.

Muito medo sentiam

Esperando a sentença final.

 

A ordem do juiz,

Não foi solução

Pois letras e números,

Sentiam muita solidão.

 

Foi então que chegou o Z,

Para salvar a situação,

Mandou que fossem amigos

E acabar com a confusão.

 

Filipa 3º H