Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

EB1 do Pinheiral

Este espaço vai servir para publicar alguns trabalhos feitos pelos alunos e divulgar atividades realizadas na EB1 do Pinheiral - Caldas das Taipas.

EB1 do Pinheiral

Este espaço vai servir para publicar alguns trabalhos feitos pelos alunos e divulgar atividades realizadas na EB1 do Pinheiral - Caldas das Taipas.

17 Fev, 2011

A(s) Caixa(s)

Os alunos do Pinheiral foram convidados a visitar uma exposição da turma E do 12º ano da Escola Secundária das Taipas. O projeto intitula-se "A(s) Caixa(s)" e foi orientado pelo professor da disciplina de Oficina de Artes desta turma do Curso Científico-Humanístico de Artes Visuais.
O professor de Artes explicou o projeto e um grupo de alunos do 12º ano acompanhou os nossos alunos durante a visita.

Déjá vu

A menina que fez a caixa deve gostar de desfilar e gosta de moda.

Fui eu que pintei o desenho, eu pintei ao meu gosto porque eu não via bem.

Eu não gostei dos bancos porque são brancos, deviam ser doutra cor, por exemplo cor azul. Eu gostei muito porque gosto de moda.

A caixa está na entrada da escola secundária.

A Ana Dinis fez um bom trabalho porque ela gosta de moda.

Eu acho que devia ter um M de moda. Tem bancos cor azul, pano para as pessoas da moda entrarem para desfilar.

O título é: Déjá vu.

 

Leonor

 

O golo 

O menino que fez a caixa foi o David Chaveiro. A menina que pintou a caixa foi a Maria Marques.

O titulo da caixa é “ O golo.”

O significado da minha caixa é um jogo de futebol, Porto contra Benfica. Eu acho que o menino que fez a caixa queria ser jogador de futebol.

A caixa é bonita porque está feita com muita perfeição. O que eu gostei mais foi das paredes porque são coloridas. O que eu gostei menos foi da bola que estava no meio do campo.

O jogador que vai marcar um golo chama-se Hulk. É o número 2 do Porto.

A caixa é quadrada e ficou na entrada da escola que andamos.

Foram vários meninos que fizeram a caixa.

A caixa tem um jogador de futebol, uma baliza, duas bolas, riscas no campo e um campo de futebol.

 

Maria

 

O sapo

Era uma vez um sapo chamado Rui. Ele comeu 10 moscas e 20 aranhas. No dia seguinte ele encontrou uma bicicleta e uma pessoa chamada Ana Luísa. A Ana Luísa não conhecia o sapo. O sapo chamava-se Rui, ele disse o nome dele. O sapo foi-se embora e a menina chamada Ana Luísa ficou muito mais triste. No dia seguinte o sapo chamado Rui, ele desapareceu da cidade. A menina foi para muito longe para encontrar o sapo chamado Rui. Ela não encontrou o sapo. No dia seguinte a menina encontrou o sapo e também ficou feliz. Viveram felizes para sempre!

Foi a Angelina Baptista que fez a caixa e é muita bonita.

 

Rebeca

 

Pedra, papel, tesoura

Eu gostei da caixa, é muito bonita. A caixa devia levar pessoas. A caixa é quadrada e tem muitas coisas bonitas. Eu pintei a caixa e fiz bem. A Patrícia foi a que fez a caixa. O nome dela é Patrícia Ribeiro. Eu pintei a caixa de cor-de-rosa e outras cores. A caixa ficou na entrada da escola secundária. E tem mais caixas na caixa. O que apresenta é a casa de banho, sala de estar, cozinha e o quarto. A minha opinião é que ficou bem feito.

Sara

Vodu

A menina que fez a caixa deve gostar muito de bonecas. Eu acho que a Jéssica Sobral fez um bom trabalho e as cores são muito bonitas. A pintora que pintou a caixa foi a Camila Marques Ferreira. A caixa tem uma boneca de pano e a boneca é engraçada. O que eu gostei menos foram os alfinetes porque eu não sabia para que serviam.

As caixas ficaram na entrada da escola Secundária. O que eu gostei mais foi das almofadas, porque eram de várias cores. O significado da caixa é uma boneca no mundo das almofadas. Eu gostei da caixa, parece que está a dormir com muitas almofadas. O nome da menina é Jéssica Sobral.

 

Camila

16 Fev, 2011

Dia dos namorados

Acróstico

 

Dia de S.Valentim

Inesquecível e alegre

Amoroso e carinhoso.

 

Data de muito amor

Orgulho e afecto

São hoje mais experimentados.  

 

Namoro e paixão

Amor sem igual

Memorizo estes momentos

Olhando-te com admiração.

Romântico é este dia

Aumentando o nosso amor  

Deixando-te feliz

Observando como me amas,  

Seremos inseparáveis.  

 

 

Trabalho coletivo Texto passado por Luís Carlos

Turma G7 da prof. Conceição Oliveira do 4º ano

EB1 DO PINHEIRAL

Testes Intermédios

Os testes intermédios, realizados pela primeira vez no ano lectivo de 2005/2006, são instrumentos de avaliação disponibilizados pelo GAVE e têm como principais finalidades permitir a cada professor aferir o desempenho dos seus alunos por referência a padrões de âmbito nacional, ajudar os alunos a uma melhor consciencialização da progressão da sua aprendizagem e, complementarmente, contribuir para a sua progressiva familiarização com instrumentos de avaliação externa.

 

As TIC são hoje um lugar-comum na sociedade e também nas escolas. Só fazem sentido se os utilizadores as souberem usar em seu benefício, de forma segura, crítica e esclarecida.

No dia 8 de Fevereiro de 2011 comemora-se o Dia da Internet Segura. Para que este dia seja assinalado na comunidade escolar, convidamos todas as escolas a dinamizarem actividades sobre as temáticas relacionadas com a Segurança na Internet, na segunda semana de Fevereiro de 2011.

Vamos envolver a escola! Esta é a oportunidade perfeita para introduzir, ou reforçar, o tema da Segurança na Internet entre os alunos, professores, funcionários escolares, encarregados de educação e pais, bem como consolidar os conceitos que, eventualmente, terão sido, ou virão a ser, abordados na sala de aula.

Convidamos a comunidade escolar de todas as escolas públicas e privadas, da educação pré-escolar ao ensino secundário, a juntarem-se a esta iniciativa..

Para apoiar as escolas no desenvolvimento de actividades próprias na semana de 7 a 11 de Fevereiro de 2011, disponibilizamos sugestões e conteúdos de apoio. Para darmos a merecida visibilidade à iniciativa de cada escola/agrupamento, solicitamos que procedam ao registo das escolas ou agrupamentos preenchendo um formulário simplificado (aqui).

 

http://www.seguranet.pt/semana/2011/

Era um dia muito especial, o  primeiro dia de Inverno. Depois de tanto tempo de sol, até as plantas e os legumes tinham secado. Todos estavam ansiosos que chovesse para regar as plantas, os mais novos queriam vestir os casacos compridos e chapinhar nas poças de água.

De repente, por entre uma nuvem, começa a cair uma e depois muitas gotinhas de água. Mas não demorou muito tempo. O sol tapou as nuvens e parecia que começou outra vez o Verão. Uma nuvem triste disse-lhe:

- Porque fizeste isso? Não ouviste as pessoas a dizer que queriam que viesse chuva?

Ele não lhe respondeu porque na realidade, o sol só tapou as nuvens porque ouviu dizer isso.

Aquela Nuvem andou toda a manhã atrás do sol e no princípio da tarde disse-lhe:

-Estás triste por as pessoas dizerem que nos preferem a nós?
 -Nunca ficas contente quando sabes que não és a preferência dos outros, pois não? - interrogou o sol.

-Claro que não, por isso é que te compreendo. - Respondeu a nuvem.

  A nuvem e o sol ficaram a tarde toda a preparar um plano para conseguirem convencer as pessoas a gostarem tanto das nuvens, como do sol.

  No dia seguinte, puseram o plano em prática. A nuvem avisou as suas amigas. Elas iam desaparecer e nem ia haver sol nem nuvens.

  Depois o sol aparecia para parecer que lhes vinha dar calor.

  Assim as pessoas aprenderam que, nada nem ninguém, é mais do que os outros.  

 ANA LUíSA - 4º ANO - TURMA G7 DA PROF. CONCEIçãO OLIVEIRA - EB1 DO PINHEIRAL