Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

EB1 do Pinheiral

Este espaço vai servir para publicar alguns trabalhos feitos pelos alunos e divulgar atividades realizadas na EB1 do Pinheiral - Caldas das Taipas.

EB1 do Pinheiral

Este espaço vai servir para publicar alguns trabalhos feitos pelos alunos e divulgar atividades realizadas na EB1 do Pinheiral - Caldas das Taipas.

magalhaes2.png

Os computadores Magalhães já chegaram para os alunos que estão neste momento no 2º ano de escolaridade e fizeram a respectiva inscrição.

Para fazer o seu levantamento deverão dirigir-se à secretaria do agrupamento (EB23 das Taipas).

Quem tem escalão A não paga nada, quem tem escalão B paga 20€ e quem não tem escalão paga 50€. Os computadores só serão entregues mediante o respectivo pagamento. Os pais devem apresentar documento de identificação.

O horário de funcionamento da secretaria é das 9h 30 às 16h 30.

22 Out, 2010

Os piolhos

piolho.jpgpiolhos.jpg

"A infestação por piolhos provoca comichão no couro cabeludo, não é grave mas deve ser tratada assim que se detecta.

 

Os piolhos (Pediculus capitis) são insectos que acompanham o homem desde a antiguidade. Não voam, não saltam, rastejam. Vivem no cabelo, depositam ovos (as lêndeas) e alimentam-se do sangue do couro cabeludo a cada 4/6 horas. O piolho adulto mede cerca de 2 a 3 mm de comprimento. Os ovos eclodem em 8 a 9 dias e demoram 9 a 12 dias para atingirem o estado de adulto. O piolho fêmea põe 5 a 10 ovos por dia e produz uma substância tipo cola para permitir que as lêndeas fiquem fixas aos cabelos. O ciclo de vida de cada piolho é de cerca de 3 semanas.

 

A infestação por piolhos é um problema frequente em crianças na idade escolar e não tem relação com o estrato social ou a situação económica.

 

Não é um perigo de saúde pública ou sinal de má higiene. Não está relacionado com a transmissão de doenças. Transmite-se habitualmente por contacto directo cabeça a cabeça e mais raramente pela partilha de determinados objectos como pentes, escovas, chapéus, bonés e almofadas.

 

Os piolhos manifestam-se habitualmente por comichão/coceira no couro cabeludo, especialmente na nuca e atrás das orelhas. A comichão é provocada por uma reacção à saliva do piolho. Deve suspeitar da sua presença se vir lêndeas esbranquiçadas presas ao cabelo (tipo caspa). A melhor forma de os detectar é por observação directa mas atenção que os piolhos adultos vivos confundem-se muitas vezes com a cor do cabelo. O tratamento deve ser iniciado se encontrar piolhos vivos. Para os eliminar pode usar produtos de aplicação tópica seguindo as instruções de uso do folheto e o método manual. O cabelo molhado diminui a velocidade de fuga dos piohos. Atenção que as grávidas, mulheres a amamentar e crianças com menos de 2 anos não podem usar determinados produtos. Para prevenir a transmissão deve ser evitado o contacto directo com a cabeça de outras pessoas, não devem ser partilhados objectos potencialmente infestados e deve ser iniciado o tratamento. Fora do couro cabeludo, o piolho sobrevive em média 24 horas e a lêndea 48 horas. Os conviventes directos devem ser rastreados.

 

A infestação por piolhos não é uma situação de evicção escolar desde que tratada ou em tratamento.

 

Se lhe aparecerem piolhos, não tenha vergonha: os piolhos gostam de cabelos limpos! Extermine-os.

 

Celina Silva - Médica da USF Ronfe"

 

Texto copiado de http://www.reflexodigital.com/index.php?cat=44&item=11654

TEXTO COLECTIVO

 

DIA MUNDIAL DA ALIMENTAçãO

 

            COMEMORáMOS, NA NOSSA ESCOLA, O DIA MUNDIAL DA ALIMENTAçãO. A CELEBRAçãO DESTE DIA ESTá CONTEMPLADA NO PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES E NO PROJECTO « EDUCAçãO PARA A SAúDE».

            REALIZáMOS VáRIAS ACTIVIDADES INTERESSANTES. VISUALIZáMOS UM POWER POINT SOBRE A RODA DOS ALIMENTOS E A FUNçãO DE CADA GRUPO. ILUSTRáMOS, EM GRUPO, A RODA DOS ALIMENTOS E CONSTRUíMOS, NO POLIVALENTE, UMA RODA COM ALIMENTOS VERDADEIROS. CONFECCIONáMOS UMA RECEITA «MARMELOS COZIDOS» QUE VEM NO NOSSO MANUAL DE LíNGUA PORTUGUESA. FICOU DELICIOSA!

            Ainda pintámos uma banda desenhada sobre o ciclo do pão.

Em Matemática, realizámos problemas recorrendo a produtos alimentares.

Gostámos de todas as actividades. Foi maravilhoso!

 

 

    TRABALHO PASSADO POR ANA LUíSA

TURMA G7 - 4º ANO

            Comemorámos, na nossa escola, o Dia Mundial da Alimentação. A celebração deste dia está contemplada no Plano Anual de Atividades e no projeto «Educação para a Saúde ».

            Realizámos várias actividades interessantes. Visualizámos um power point sobre a roda dos alimentos e a função de cada grupo. Ilustrámos, em grupo, a roda dos alimentos e construímos, no polivalente, uma roda com alimentos verdadeiros. Confeccionámos uma receita, «Marmelos Cozidos» que vem no nosso manual de Língua Portuguesa. Ficou deliciosa!

            Ainda pintámos uma banda desenhada sobre o ciclo do pão.

            Em Matemática, realizámos problemas recorrendo a produtos alimentares.

            Gostámos de todas as actividades. Foi um dia maravilhoso!   

 

EB1 PINHEIRAL

TEXTO PASSADO POR MARGARIDA FERNANDES   

TURMA G/ 4º ANO 

            Numa maravilhosa tarde de Outono, uns caçadores foram à caça de perdizes para a mata. Quando lá chegaram, não estavam a ver nenhum ninho. O caçador Alexandre disse:

            - Não estou a ver nenhum ninho, e tu?

            - Eu também não estou a ver ninhos. Vamos deslocar-nos mais para aquele lado. - declarou o caçador Miguel.

            -Sim. - concordou o Alexandre.

            Quando se deslocaram, viram um ninho de perdizes. O Alexandre exclamou:

            - Que perdizes grandes e boas!

Entretanto as tais perdizes viram os caçadores e rapidamente, interrogou uma perdiz:

-Estás a ver aqueles caçadores ali?

-Sim! É melhor fugirmos! - exclamou a outra perdiz

-E as nossas crias? Levámo-las? - interrogou a perdiz

- Vamos - disse-lhe ela.

Então as perdizes fugiram e os caçadores foram para casa, tristes por não ter apanhado perdizes.

 

TEXTO DE MARGARIDA FERNANDES E ANDRé FILIPE

TURMA G7 - 4º ANO

 

Numa linda manhã de Outubro, numa mata, uns espertos e malvados
caçadores olhavam para ver se encontravam alguma perdiz. O caçador
chamado Lucas questionou:
- Quando é que encontramos alguma perdiz?
O caçador que se chamava Henrique respondeu:
-Não sei mas quando encontrar, vou ficar muito feliz.- disse ele.
Uma família de perdizes estava a conversar quando ouviram o
barulho da espingarda. Lembraram-se que eram os caçadores habituais,
Lucas e Henrique e ficaram assustados. A fêmea, com a sua voz clara e
fininha, perguntou:
- O que vamos fazer com as nossas crias?
O macho disse:
-Vamos levá-las connosco.
E assim foi. Arranjam um ninho fora de perigo.
E os caçadores foram embora sem nada.


Texto colectivo: Margarida Lima e Bárbara
Turma G7 - 4º ano