Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

EB1 do Pinheiral

Este espaço vai servir para publicar alguns trabalhos feitos pelos alunos e divulgar atividades realizadas na EB1 do Pinheiral - Caldas das Taipas.

EB1 do Pinheiral

Este espaço vai servir para publicar alguns trabalhos feitos pelos alunos e divulgar atividades realizadas na EB1 do Pinheiral - Caldas das Taipas.

Figuras da história das Taipas

 

O senhor Rosas Guimarães doou os terrenos que deram origem à avenida que dá para o parque. Para o homenagear deram o seu nome à avenida do parque e fizeram-lhe um busto.

 

O padre Manuel Joaquim de Sousa foi o reitor da paróquia de Caldelas de 1947 até 1991. Fizeram-lhe um busto e deram o seu nome a uma instituição.

 

O professor Manuel José Pereira lecionou na Escola primária do Pinheiral durante muitos anos. Atribuíram o seu nome a uma rua das Caldas das Taipas.

 

O Conde de Agrolongo pagou a construção da igreja nova das Taipas. Escolheram o seu nome para o largo em frente à igreja.

 

O importante escritor Ferreira de Castro gostava de passar férias nas Taipas e faz referência à vila num dos seus livros. Fizeram um busto que está junto aos jardins da avenida da República.

  

Vestígios do passado local

 

A fonte do D. João IV situada no largo do hotel Villas, foi construída em 1818 em homenagem às conquistas do Rei de Portugal Dom João IV.

 

A ponte velha (pontilhão) foi construída há séculos para ligar as Taipas a São João. Antes de existir esta ponte as pessoas tinham de passar o rio de barco.

A Praça do antigo mercado foi construída em 1905, localizada no topo da Alameda Rosas Guimarães, foi durante muitos anos o mercado das Taipas.

 

O Hotel das termas foi construído para dar apoio aos termalistas. Está localizado ao lado do edifício termal.

 

A Igreja Matriz foi inaugurada a 11 de abril de 1915 pelo Conde de Agrolongo.

 

A Pensão Vilas é um edifício de sóbria traça neoclássica oitocentista, serviu de abrigo aos turistas para umas férias calmas. Hoje encontra-se ao abandono à mercê do vandalismo.

 

A Citânia de Briteiros é um sítio arqueológico situado no monte de São Romão na freguesia de São Salvador de Briteiros.

 

A Ara de Trajano nas Taipas é monumento nacional há 100 anos. Também há quem lhe chame Ara de Nerva ou Penedo da Moura.

 

A Fonte do Leão fica situada nas Termas. A água era bebida pelas pessoas que vinham fazer os seus tratamentos nas Termas. Atualmente encontra-se imprópria para consumo.

 

 

O Pelourinho situa-se junto à Ponte Velha. Antigamente era um ponto de encontro dos povos nas festas populares.

 

O edifício dos Banhos Velhos encontra-se, junto à Pensão Vilas. Há vestígios do aproveitamento das águas termais pelos romanos. Em 1939 foi remodelado com a ajuda do Estado. Esteve várias décadas em ruinas. Recentemente foi recuperado sendo um novo espaço museológico.

 

A Igreja Velha foi construída no século XVII e localiza-se nas Caldas das Taipas.

 

Pesquisa feita pelos alunos do 3º ano da turma do prof. Aquilino



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.