Quinta-feira, 09 de Fevereiro de 2017

FONTE LEAO 1912.jpg

IMG_1041.JPG


Fonte do Leão (refotografia)

Eu refotografei a Fonte do Leão para ver as suas diferenças. Este projeto é para a Casa da Memoria de Guimarães.

O local onde se situa está como era antes, mas tem algumas diferenças.

A fonte tem um Leão e pela boca sai água. Na nova tem umas grades no chão para a água ir para os esgotos, na antiga não e o chão ficava todo cheio de água. Na antiga não tinha um muro e na nova tem. A parede de pedra está igual. Na nova tem muitas plantas e na antiga não tinha. Na velha, por cima da fonte, tinha uma claraboia e na nova não. Na nova tem uma placa a dizer “Taipas Termal” e na antiga não tem.

Esta fonte foi inaugurada em 21/7/1907, como se pode ler em cima da cabeça do leão.

Se quiserem podem ir visitá-la. Ela situa-se em frente ao Hotel das Termas.

Texto

Camila Costa

Fotografias

Camila Costa

Turma H8
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 19:30


16508759_1845276015720195_3185057875404081149_n.jp

DSC_0265_1_1280_720.jpg

DSC_0137_1_700_450.jpg


Escolas de Guimarães começaram a disputar 2ª edição do Eco-Parlamento

Iniciativa envolve comunidade escolar. Próxima sessão está agendada para março, no Laboratório da Paisagem. Final realiza-se em maio, na UMinho.

“Agenda 2030: Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU” é o tema da segunda edição do Eco-Parlamento, uma iniciativa inserida no programa ambiental PEGADAS, que promove o debate sobre questões ambientais junto de alunos de sete escolas do ensino básico de Guimarães e que principiou esta terça-feira, 07 de fevereiro, no auditório do Laboratório da Paisagem, em Guimarães.

Na primeira sessão, que contou com a presença do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Guimarães e Vereador do Ambiente, Amadeu Portilha, os alunos dos agrupamentos de escolas de Abação, Professor Abel Salazar, D. Afonso Henriques, Francisco de Holanda, Fernando Távora, Santos Simões e Taipas apresentaram as suas propostas para melhorar o ambiente ao nível local. Tal como numa sessão do Parlamento, os jovens estudantes de diferentes níveis de ensino debateram os diferentes projetos, colocando em prática aprendizagens adquiridas em contexto escolar.

“Biodiversidade”, “CDA - Combater o desperdício alimentar e limpeza dos RSU's”, “Mobilidade Sustentável”, “Reflorestação de áreas ardidas”, “Educar para a Sustentabilidade: Uma Escola, uma Cidade, um Planeta”, “Poupança em movimento – Energia” e “Despoluição do Rio Ave e revitalização da praia fluvial das Taipas” foram os desafios ambientais escolhidos e que estarão em discussão ao longo das várias sessões do Eco-Parlamento deste ano letivo. A próxima sessão está marcada para março, também no Laboratório da Paisagem. A final acontecerá no mês de maio, no auditório da Universidade do Minho, em Guimarães.

O Eco-Parlamento, que está nomeado enquanto boa prática no âmbito do prémio Portugal Participa, está dividido em três etapas, onde os alunos, segundo a metodologia SMART e o acompanhamento técnico de um investigador do Laboratório da Paisagem, vão evoluindo e consolidando as suas propostas e ideias. O Eco-Parlamento dispõe ainda de um júri externo que avalia as propostas, composto por um membro do Laboratório da Paisagem, Câmara Municipal de Guimarães e um investigador do Laboratório da Paisagem, sendo que as propostas serão depois também votadas, na final, por um júri interno composto pelas equipas participantes.

http://www.cm-guimaraes.pt/frontoffice/pages/991…[1]

Ligações:
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 19:28

Domingo, 05 de Fevereiro de 2017

IGREJA VELHA 1918.jpg

20161201_125516.jpg


     Igreja Velha    Eu refotografei a igreja velha das Taipas. Ela chama - se igreja de S. Tomé e S. Ovídeo. A foto é de 1918 e a que eu tirei é de 2016. A fotografia da igreja velha há 98 anos que foi tirada. As diferenças são várias. Antes era tudo monte e agora já tem casas, a igreja velha não tinha escadas e tinha árvores e agora tem um jardim.   Rui Faria 10 anos    
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:56


20161125_124036.jpg

RUA PROFESSOR MANUEL JOSE PEREIRAA.jpg


Refotografia

Eu refotografei a rua Manuel José Pereira para o projeto Pergunta ao Tempo. Eu arranjei uma fotografia antiga. Depois tirei outra a partir do mesmo sítio e vi as diferenças. A estrada, na fotografia antiga, era de terra e agora está coberta de alcatrão. Antes, no passeio, não tinha semáforos e agora tem. Agora, tem uma placa no passeio do lado esquerdo, a indicar o Centro de Saúde e a Escola Secundária. Antigamente, não existia a Escola Secundária, no meio da rua à esquerda, nem o Centro Saúde, ao fundo do lado direito, nem a EB23 das Taipas, ao lado do Centro de Saúde. No edifício do lado direito funciona a Churrascaria Taipense. Agora existe no lado direito um caixote do lixo, chamado molok, também no lado direito existem dois sinais. Tem uma passadeira na estrada, antes não tinha. Eu gostava de saber a data de quando foi tirada a fotografia antiga, com tantas diferenças, deve ter sido há muito tempo. Gostei de fazer este trabalho, porque fiquei a conhecer melhor as Taipas.

Rodrigo Marques 9 anos  
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:55


PINHEIRAL ANTIGA 1918.jpg

20161201_133818.jpg


Escola do Pinheiral (REFOTOGRAFIA)   Eu refotografei a escola do Pinheiral antiga. A escola fica situada à beira da rotunda da Clínica do Arquinho, na rua do Pinheiral. Alguns alunos da nova escola do Pinheiral já andaram naquela escola, quando funcionava lá o jardim-de-infância. Por exemplo: o Afonso Mota, o Rafael Moniz, o Gabriel Gonçalves e a Laura. Eu gostei porque era muito grande, tinha espaço para brincar e as auxiliares eram nossas amigas. Os nossos pais, avós já andaram naquela escola primária. Um professor desse tempo deu um nome à rua Manuel José Pereira. A escola tem muitas diferenças que são: na escola antiga não é pintada e na nova é, na antiga escola havia escadas por fora e agora as escadas estão por dentro, agora tem um muro grande com uma rede e antes tinha um muro pequeno sem rede. Decerto os alunos saiam da escola e iam para o monte e para o caminho brincar. Em 2015, neste edifício começou a funcionar uma escola de música. Andam lá muitos meninos a aprender instrumentos musicais, incluindo eu.

Rafael Moniz 9 anos
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:54


BANHOS VELHOS 1900.jpg

banhos velhos.jpg


Banhos velhos

Os Banhos velhos estão localizados, no Largo Frei Cristóvão dos Reis. Já foram reconstruidos várias vezes e já esteve em ruinas. Eles já têm muitos anos, e antigamente aquilo era muito mais usado para as pessoas tomarem banho porque a água era boa para as doenças. Atualmente as pessoas vão às termas para substituir os Banhos velhos. No inverno a água sobe e até chega a inundar todo o local. Uma das diferenças nos Banhos é que antigamente havia um muro e agora não há nenhum. Desde o ano desta fotografia de 1900, já passaram 116 anos. Eu gostaria de saber se antigamente tinha-se de pagar para tomar lá banho ou era de graça.   Texto Pedro, 9 anos  
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:52


IGREJA.jpg

20161205_134323.jpg


A igreja das Taipas

Eu refotografei a Igreja das Taipas, com a ajuda da minha mãe. O meu pai ajudou a remodelar a igreja, ele ajudou a pintar, ajudou a furar o chão, remodelou o telhado, limpou os sinos e levou com um na cabeça. Foi difícil tirar a fotografia porque havia lá uma casa que não existia naquele sítio. A igreja ao ser renovada cresceu mais um pouco. Antigamente as escadas estão mais estreitas e agora estão mais larga.   Martim Abreu 9 anos
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:51


20161113_165458.jpg

BANHOS VELHOS 1875.jpg


Os Banhos Velhos   Eu refotografei os Banhos Velhos porque participo num projeto que se chama “ Pergunta ao tempo”. Os Banhos Velhos situam-se na rua Largo Frei Cristóvão do Reis. A fotografia antiga dos Banhos Velhos é muito diferente da fotografia moderna. O telhado tinha um pequeno sótão, janelas pequenas e estreitas e fitas em baixo. Ao lado da porta havia bancos; as janelas eram quadradas, agora são retangulares; as paredes eram em pedra, agora estão pintadas de amarelo. À frente da porta há uma construção que não existia. Antigamente, as pessoas diziam que a água dos Banhos Velhos fazia bem à pele e, portanto, as pessoas deitavam-se numa banheira e ficavam lá durante algum tempo. Agora este espaço serve para dar pequenos concertos, fazer exposições …

Texto Laura Ferreira 9 anos
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:49


HOTEL BRAGA 1916.jpg

20161122_134711.jpg


Eu refotografei o antigo hotel Braga, para o projecto “Pergunta ao tempo.” A fotografia antiga foi tirada em 1916, tem 100 anos. Passado 1 século tirei uma fotografia nova para saber as diferenças. O hotel Braga estava localizado na Rua Santo António onde agora está um prédio com lojas. O prédio tem um café por baixo e um cabeleireiro chamado Espaço beleza, tem 2 lojas de roupa, 1 uma chama-se S&G e outra chamada Boutique Um. Antigamente o chão era de pedras e agora a rua é de alcatrão e tem passeios para os peões. Gostava de ter conhecido o hotel, porque iria ser divertido ter conhecido o interior do hotel, também queria conhecer os donos e os hóspedes.   José Albino Vieira Magalhães 9 anos  
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:48


15032609_1423154131046287_907933371_n.jpg

IGREJA VELHA.jpg


A Igreja velha

Eu escolhi refotografar a Igreja Velha porque acho que é um lugar maravilhoso e gostava de que as pessoas conhecessem melhor a nossa antiga Igreja. Eu arranjei a fotografia antiga na minha sala de aula, fazendo uma pesquisa na internet. Arranjei a fotografia nova com a ajuda do meu pai. Eu fui lá um dia com o meu pai, tirei umas fotografias e depois mandei algumas ao meu professor. A igreja de S. Tomé, mais conhecida por Igreja Velha, localiza-se na rua de S. Tomé. As diferenças são: a porta, o telhado, a parede e a cruz. A porta dantes era ligeiramente menor, agora é mais alta e larga; o telhado era mais ondulante; a parede está coberta de cimento e pintada de branco; eu acho que no presente a cruz está mais grossa. Há 101 anos foi construída a igreja nova, porque a Igreja Velha era muito pequena e por isso foi feita uma nova que é a igreja matriz. A Igreja Velha passou a servir de capela mortuária depois de construírem a nova.

Rodrigo José Barbosa da Costa  
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:47


TERMAS ANTERIOR A 1916.jpg

15302503_1706590996323603_560315748_o.jpg


Refotografia do edifício das Termas

Eu refotografei a fotografia das Termas, foi em dezembro de 2016. O meu pai ajudou-me a tirar a fotografia. Eu fui com o meu pai tirar a fotografia na quinta-feira, que era dia 1 de dezembro. Faz quase 100 anos que alguém tirou aquela fotografia antiga, foi tirada em 1916. O edifício fica localizado na avenida Trajano Augusto.  Antigamente, o edifício das termas tinha uma chaminé e agora as termas não tem chaminé, antes não havia árvores grandes e agora há, antigamente termas escrevia se com h, outra diferença é que na antiga fotografia não tem um banco e na nova fotografia tem. Eu já entrei lá dentro e vi um piano, um balcão e vi um quadro com uma paisagem. Eu escolhi aquela fotografia porque eu passo lá à quarta-feira e à sexta-feira, também porque gosto do edifício e também por o hotel das termas ter mudado muito e ter ficado muito giro.   Francisco Silva Loureiro de Sousa 9 anos
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:45


MOINHOSS 1930.jpg

20161208_115027.jpg


Os moinhos   Eu refotografei os moinhos que se localizam entre S. João de Ponte e S. Clemente. Eu tirei a fotografia com a ajuda do meu pai. A foto antiga foi tirada por volta de 1930, por isso, atualmente, a foto já tem 86 anos. A levada antigamente era mais pequena do que atualmente. Já não existem os moinhos, antigamente 3 senhores tinham cada um o seu moinho. No presente tem mais pedras do que no passado, e a última diferença é que no presente tem um túnel pequenino.     David Sousa 9 anos        
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:44


GRANDE HOTEL VILASS.jpg

20161205_133630.jpg


Refotografia do Hotel Villas

Eu refotografei o Grande Hotel Villas para um projeto da Casa da Memória. O Grande Hotel Villas fica na Avenida da República, junto aos banhos velhos. Quando eu escolhi esta foto, eu nem sabia onde o Grande Hotel Villas se localizava, mas achei uma foto engraçada para refotografar. Os meus pais ajudaram-me a localizar esse Grande Hotel Villas. Quase todos os dias eu passo por lá e não me dava conta que era o Hotel Villas. Eu acho que ele está ao lado dos banhos velhos, porque antigamente as pessoas que estavam hospedadas no hotel Villas iam para os banhos velhos relaxar. Eu fiquei espantada e triste porque o Grande hotel Villas estava velho. Eu imagino que aquele edifício irá ser muito bonito. Eu acho que depois das obras voltará a ser um hotel mas mais bonito do que antigamente.

Catarina Alves Cunha Machado 9 anos    
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:42


GRANDE HOTEL DAS TAIPAS 1930.jpg

DSC_0021.JPG


Eu refotografei o antigo Hotel das Taipas que agora é a Caixa Geral de Depósitos, para o projeto “Pergunta ao Tempo” da Casa Da Memória de Guimarães. A Caixa Geral de Depósitos fica localizada à frente da pastelaria Estrela Joia, na Avenida da República, no meio de uma clinica dentária e de uma ourivesaria. Antigamente a parede era às pintinhas e agora é totalmente branquinha. Antes na varanda maior dizia “Grande Hotel das Taypas” e Taipas escrevia-se com y. As entradas tinham portas de madeira e na atual desapareceram. Antes o hotel era de pedra e agora tem uma pedra mas pintada. As varandas eram brancas e agora são pretas. Antes viviam lá muitas pessoas e agora serve principalmente para utilizar o multibanco. O telhado agora tem duas janelas. Este edifício também já funcionou como Posto de Turismo, algumas turmas da escola primária também funcionaram lá porque não havia espaço para eles na Escola do Pinheiral e era lá o posto de GNR. Reparei que no rés-do-chão estavam lá apenas homens e nas varandas de cima estavam as mulheres. As mulheres não ficavam junto dos homens ou ao contrário, por exemplo, antes, nas escolas havia salas só para rapazes e salas só para raparigas. 

Beatriz Ribeiro 9 anos
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:39


15057809_371832176486706_118878266_n.jpg

PENEDO MOURA 1912.jpg


O Penedo da Moura

Eu REFOTOGRAFEI o Penedo da Moura ou Ara do Trajano para participar no projeto “Pergunta ao Tempo” da Casa da Memória de Guimarães. O Penedo da Moura localiza-se nas Taipas entre a igreja nova e o centro pastora, na Avenida Trajano Augusto. Na fotografia antiga não havia o centro pastoral. O relvado não era tratado, portanto, estava cheio de ervas, silvas, etc. Na fotografia antiga tinha um muro atrás do Penedo e na moderna tem grades. Eu acho que o Penedo da Moura está diferente, porque na foto moderna a parte da frente está reta e na foto antiga não parece estar reta. Também a parte de cima parece que está mais esbranquiçada na foto antiga do que na moderna. Há muitas lendas sobre o Penedo da Moura e também há uma mensagem escrita pelos romanos e outra escrita por outras pessoas. Os romanos estiveram por cá entre o século III e o século V. Durante esse tempo escreveram uma mensagem nesta pedra: “Esta obra mandou fazer o imperador Trajano  Augusto filho de Cesar Nerva, vencedor dos germanos e dacos, pontífice máximo, sete vezes tribuno, quatro vezes imperador e cinco vezes cônsul e pai da pátria”   Uma lenda diz que há muitos anos, vivia na Citânia de Briteiros uma moura. A moura tinha um irmão. Numa linda manha de verão, a moura decidiu contar ao seu irmão a ideia que teve durante a noite. A ideia era acabar com a guerra por causa de um tesouro escondido que assistia na povoação das Taipas. Esse tesouro tinha lá dentro moedas de ouro, joias de prata e medalhas de bronze.  Para acabar com a guerra, decidiu colocar um penedo gigante em cima do local onde estava o tesouro. A moura entrou no túnel com o Penedo às costas e, de repente, apareceram dois ladrões armados com espadas. Os ladrões tiraram-lhe o penedo. O irmão dela tapou a entrada do túnel do lado da Citânia de Briteiros para os ladrões não passarem. Os ladrões voltaram para trás e foram pelo outro lado. A moura esperava-os. Tirou o Penedo das mãos dos ladrões e, como ela era esperta, também tapou este lado do túnel. Os dois homens ficaram lá presos para sempre e o tesouro ficou tapado pelo penedo gigante. Nunca mais houve lutas nesta terra. Ainda hoje há quem encoste o ouvido ao penedo para tentar ouvir alguma coisa…

Alexandra da Silva Fernandes 9 anos
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:37

Sábado, 12 de Março de 2016

12805902_533599780134874_4153685288851707203_n.jpg


No dia 29 de fevereiro de 2016, a turma do professor Aquilino da escola do Pinheiral e a turma do professor Rogério da escola de S. Martinho de Sande foram à escola Rodoviária de Braga. Fomos de autocarro. Quando chegamos lá a dona Fátima mandou-nos guardar as nossas lancheiras na sala 3, nos cacifos. A seguir falou connosco sobre as regras de trânsito. Ensinou-nos o que era uma linha contínua e descontínua. Também nos deu dicas, por exemplo: olhar bem para as setas que estãodesenhadas na estrada e ter atenção aos sinais de trânsito. No final da explicação, pusemos os capacetes e vestimos os coletes com números. Os números nos coletes serviam para nos identificarem e nos chamarem se fizéssemos alguma asneira na pista. Depois andámos na pista com os carrinhos e nas bicicletas que estavam na garagem. Passado algum tempo, a dona Fátima mandou-nos estacionar os carrinhos e as bicicletas para dar a vez à outra turma. De seguida comemos uma maçã e bebemos uma garrafa de água que nos ofereceram. Quando acabámos de comer fomos para uma sala ver vídeos sobre as consequências de não meter cinto de segurança, de beber álcool antes de conduzir, de conduzir a mandar mensagens ou a atender chamadas e de conduzir em excesso de velocidade. Depois de vermos os filmes andámos outra vez na pista.  De seguida deram-nos cartas de condução de brincar.  Ouvimos algumas opiniões.  «Acho que foi muito divertido.» Joana «Gostei de tudo menos de ter esperado um bocado por a minha vez.» Afonso «Eu gostei de andar nas bicicletas e nos carros, a pista parecia que era verdadeira tinha muitos sinais e semáforos.» Bruna  «Eu adorei a viagem e também a visita foi muito divertido. Também foi uma a ventura que nunca tive.» Alexandra «Eu gostei muito da visita e da viagem, mas achei que nas subidas os carrinhos e as bicicletas obrigavam-nos a fazer muito esforço.» Laura  «Gostei de tudo que lá havia.» Rodrigo Marques «Gostei de tudo menos dos carros que andavam muito devagarinho.» José Nuno «Gostei de tudo, só não gostei dos bancos dos carros.» Martim «Gostei de tudo menos dos carros porque os volantes eram muito baixos.»

Autoras: Alexandra, Laura, Bruna e Beatriz

Pinheiral Notícias 29-02-2016
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 23:45


12717962_535801299914722_2763934446235949202_n.jpg

12832341_535801296581389_8159830852899890459_n.jpg


Concurso “A Minha Árvore”

No dia 7/3/2016, os membros do júri do concurso de ilustração reuniram-se na sala dos professores para escolheram os desenhos vencedores deste concurso. Os membros do júri do concurso: a Professora Jacinta, a professora Sandra, a professora Rosário, os encarregados de educação Paulo Marques e Manuel Martinho e as alunas Laura Ferreira e Alexandra Fernandes. Os vencedores foram os seguintes: Tomás Mendes do jardim-de-infância da professora Lurdes, ele fez a árvore do arco-íris; a Joana Marques do 1º ano, que fez a árvore dos números; o José Francisco da turma do 2º ano da professora Eulália Manuela, que fez a árvore das casas geométricas; o Tomás da turma do 3º da professora Conceição, fez a árvore dos tesouros e a Francisca Castro do 4º do professor Francisco, que fez a Árvore Magnólia.

Camila, Alexandra, Laura e Catarina Pinheiral Notícias 07-03-2016
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 23:43


As nossas histórias

Outras histórias

 

 

 

  Laura imagem - Cópia.jpg

 

publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 23:39


As Aventuras da Laura

As Aventuras da LauraA turma 3B da Escola do Pinheiral participou num concurso promovido pelo Ministério da Educação e Ciência (MEC), através da Direção-Geral da Educação (DGE), do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e do Plano Nacional de Leitura (PNL), em parceria com a Microsoft, intitulado 7.ª Edição do concurso "Conta-nos uma história!".Esta iniciativa pretende fomentar a criação de projetos desenvolvidos pelas escolas de Educação Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico que incentivem a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), nomeadamente tecnologias de gravação digital de áudio e vídeo.O ato de contar histórias desempenha um papel extremamente relevante nas aprendizagens dos alunos destes níveis de educação e ensino, quer na aquisição de conhecimentos, competências e valores quer nas atividades de carácter mais lúdico.O texto apresentado foi escrito e aperfeiçoado pela turma, a letra da canção foi escrita pela aluna Alexandra da Silva Fernandes e a imagem associada à história é da autoria do Rodrigo José Barbosa da Costa. Todos os alunos participaram na narração da história.

Publicado por Escola do Pinheiral em Quarta-feira, 9 de Março de 2016
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 23:24


12790836_1163906583641840_6767278159892923994_n.jp

12814586_536707853157400_178215920616094792_n.jpg


SOCIEDADE MARTINS SARMENTO DISTINGUIU OS MELHORES ALUNOS DE GUIMARÃES

"A Sociedade Martins Sarmento, celebrou como é habitual, o "9 de Março", dia de aniversário do nascimento de Francisco Martins Sarmento, o patrono da Instituição. Durante a tarde, no edifício sede da Sociedade, realizou-se a sessão de entrega de prémios aos melhores alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico. Como prémio para além do diploma, os alunos premiados receberam também o livro «Os sete guerreiros da lua», que foi apresentado pela autora, Maria José Meireles.  Os alunos premiados mostraram-se muito contentes por esta distinção, e prometeram continuar a estudar." Os alunos da Escola do Pinheiral presentes nesta cerimónia foram os seguintes: Inês Maria Monteiro da Silva Maria Matos Freitas de Ribeiro Marques Ângela da Silva Magalhães Francisca Marques Castro
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 23:17


12798825_537137573114428_3745941300227639712_n.jpg

12799101_537137503114435_7795549280852477940_n.jpg


Um grupo de alunos do Pinheiral Notícias, Bruna, Alexandra e Joana, passou pela sala do professor Francisco e pela sala da professora Manuela para verem o andamento dos trabalhos deste projeto. Como se pode ver pelas imagens recolhidas, o trabalho continua a avançar a bom ritmo. Os alunos do 4º ano são uns verdadeiros Picassos!
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 23:15


12801414_537145879780264_6935095195344168303_n.jpg


O animador

No dia 11 de março de 2016, um palhacinho muito querido veio à nossa escola contar uma história, para os meninos do pré-escolar e para o 1º ano e do pré-escolar da escola de S. Clemente. A história era sobre uma menina chamada Yoko que nasceu no Japão e perdeu os pais num tsunami e foi viver para um orfanato. Ela veio passar férias a Portugal e foi adotada por uma família de acolhimento que tinha dois filhos que se chamavam Lucas e a Margarida. Ao fim de alguns dias, a Yoko já sabia dizer bom dia, obrigada, adeus, jogar computador… e ensinou os irmãos adotivos a dizer obrigada em japonês: arigato. No dia do pai escreveu uma linda carta ao pai adotivo que estava no hospital depois de ter um acidente ao atravessar a rua sem ser na passadeira. O pai ficou muito contente com a carta. A carta era a seguinte:

«Eu tinha uma família no Japão. Depois veio o tsunami e levou-a. E eu fiquei sem ninguém. Não sei com me salvei. Devo ser uma pessoa com sorte. Hoje tenho uma nova família muito querida, neste país, cheio de luz, diferente do meu. São os meus pais e os meus irmãos do coração. O meu pai do coração também trabalha muito, como o meu que o tsunami levou. Mas é meigo. E bonito. Eu gosto muito dele. Dá-me sempre um beijinho quando chega a casa. Obrigada, origato, Pai, por me dares o teu carinho. Logo vou visitar-te ao hospital.»

O animador tinha um chapéu colorido, um nariz vermelho, sapatinhas roxas e vermelhas e usava um macacão bege com um arame verde e uma esponja de banho que servia de flor.

Jornalistas e fotógrafas: Laura Ferreira Alexandra Fernandes Beatriz Ribeiro Catarina Machado Camila Costa

Pinheiral Notícias 11-03-2016
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 23:10

Terça-feira, 01 de Março de 2016

20160229_103441.jpg

20160229_101755.jpg


No dia 29 de fevereiro de 2016, a turma do professor Aquilino da escola do Pinheiral e a turma do professor Rogério da escola de S. Martinho de Sande foram à escola Rodoviária de Braga. Fomos de autocarro. Quando chegamos lá a dona Fátima mandou-nos guardar as nossas lancheiras na sala 3, nos cacifos. A seguir falou connosco sobre as regras de trânsito. Ensinou-nos o que era uma linha contínua e descontínua. Também nos deu dicas, por exemplo: olhar bem para as setas que estãodesenhadas na estrada e ter atenção aos sinais de trânsito. No final da explicação, pusemos os capacetes e vestimos os coletes com números. Os números nos coletes serviam para nos identificarem e nos chamarem se fizéssemos alguma asneira na pista. Depois andámos na pista com os carrinhos e nas bicicletas que estavam na garagem. Passado algum tempo, a dona Fátima mandou-nos estacionar os carrinhos e as bicicletas para dar a vez à outra turma. De seguida comemos uma maçã e bebemos uma garrafa de água que nos ofereceram. Quando acabámos de comer fomos para uma sala ver vídeos sobre as consequências de não meter cinto de segurança, de beber álcool antes de conduzir, de conduzir a mandar mensagens ou a atender chamadas e de conduzir em excesso de velocidade. Depois de vermos os filmes andámos outra vez na pista.  De seguida deram-nos cartas de condução de brincar.  Ouvimos algumas opiniões.  «Acho que foi muito divertido.» Joana «Gostei de tudo menos de ter esperado um bocado por a minha vez.» Afonso «Eu gostei de andar nas bicicletas e nos carros, a pista parecia que era verdadeira tinha muitos sinais e semáforos.» Bruna  «Eu adorei a viagem e também a visita foi muito divertido. Também foi uma a ventura que nunca tive.» Alexandra «Eu gostei muito da visita e da viagem, mas achei que nas subidas os carrinhos e as bicicletas obrigavam-nos a fazer muito esforço.» Laura  «Gostei de tudo que lá havia.» Rodrigo Marques «Gostei de tudo menos dos carros que andavam muito devagarinho.» José Nuno «Gostei de tudo, só não gostei dos bancos dos carros.» Martim «Gostei de tudo menos dos carros porque os volantes eram muito baixos.»

Autoras: Alexandra, Laura, Bruna e Beatriz

Pinheiral Notícias 29-02-2016
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 22:39


DSC01264.JPG

DSC01269.JPG


Continuamos com as sementeiras.  Entretanto algumas sementes já nasceram.
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 22:37

Domingo, 28 de Fevereiro de 2016

guarda mundos.jpg


No passado dia 24 de fevereiro, a turma 2º C, da professora Cláudia, no âmbito da AEC "Artes Performativas", assistiu a um espetáculo, intitulado "Guarda Mundos" do Teatro da Didascália. Para tal, a turma e respetivas professoras, deslocaram-se de camioneta até à Plataforma das Artes. Ficam alguns comentários: "Gostei quando o velhote estava a tirar as roupas e olhou para cima e não estava ninguém." (Cristiano) "Eu gostei mais da parte em que o João tinha que encontrar a Carolina e estavam a fugir dele." (Eliana) "Gostei mais da parte em que o João e a Carolina deram um beijinho." (Ricardo) Fica o link do vídeo promocional https://vimeo.com/126948974
publicado por EB1 do Pinheiral - Taipas às 18:37


contador 2
Free counter and web stats
Morada da escola

eb1dopinheiral@gmail.com

-

Escola do Pinheiral

Rua da Banda de Música

4805-091 Caldas das Taipas

-

-

-

-

-

Penedo da Moura

 -

-

-

-

 

Seguranet


 

Fevereiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


Últ. comentários
Que lindo que ficou !! devia de estar uma delicia ...
eo melhor poema que eu ja pesquisei parabens
Do Pai NatalOlá Catarina :)Parabéns ! Continua ass...
Está muito bonito!!! Tem criatividade a Margarida!...
Excelente projecto. Como diz o ditado " Mais vale ...
Olá, Leonor!Hoje ainda não te posso dar informaçõe...
POSSO SABER QUANDO É A APRESENTAÇÃO DOS ALUNOS DO ...
Posso saber quando é a apresentação dos meninos do...
Parabéns!!!! Participar em iniciativas diferentes ...
que giro o nosso setor de HGP a ensinar aos aluno...
Parabéns Filipa e Pedro aposto que leram muito bem...
Eu estive presente e foi realmente muito bonito!!!...
Que chique, com os seus alunos prontos a jogar fut...
Boa noite. A apresentação da peça de teatro será f...
Bela iniciativa esta de divulgação, bem como a da ...
Concordo com os seus alunos Professor Aquilino, é ...
5x6=306x7=427x8=568x9=72Francisca Silva 4J
professor Aquilino o vaso ficou um espectáculo, se...
Professor Aquilino o vaso ficou um espectáculo, se...
5x6=306x7=427x8=568x9=72
pesquisar
 
Visitantes
Locations of visitors to this page